A história do Recife através do açúcar no Museu da Cidade

16 março 2016 | Postado por Casinha da Cys

A duas décadas da comemoração dos 500 anos da capital pernambucana, o Museu da Cidade do Recife abre, a partir do próximo sábado (19/03), sua mais nova exposição anual, que vai remontar a trajetória do município a partir do açúcar. Doc(e) Recife destaca a influência do produto no desenvolvimento urbano e nas relações sociais, além de estimular nos visitantes proposições sobre o futuro da metrópole. 
Através de narrativa cronológica e histórica, a exposição pretende abordar a memória dos primeiros habitantes do território (anteriores a 1537), que hoje se faz presente em muitos nomes de ruas, de bairros e nos adornos escultóricos de praças e prédios; a cultura do açúcar trazida pela colonização portuguesa, forte influência na gastronomia, no comportamento, na arquitetura e urbanismo; e o desenvolvimento da cidade que se construiu a partir da junção das terras dos engenhos de açúcar com um porto exportador de mercadorias.  
“A civilização do açúcar realmente está entranhada na atualidade, faz parte do nosso cotidiano, seja nos doces que a gente herdou de Portugal, seja nessa sociedade desigual, nesse trabalho escravo que, de alguma forma permanece marcado na sociedade. Esse é o Recife que a gente procurou entender a partir dessa mercadoria, dessa gramínea, que deu todo sentido a esse território”, explica a diretora do museu e curadora da exposição Betânia Corrêa. 
A mostra envolve textos inéditos, gravuras, mapas históricos, fotografias antigas e atuais, peças arqueológicas, decorativas, utilitárias, animações e filmes, exibindo o passado e presente da cidade. “Doc(e) Recife pode ser entendido como Doc Recife e aí a gente se auto-elogia: o museu como guardião desses documentos que faz a gente poder olhar essa história a partir dos vestígios, sejam estes materiais de pedra e cal, negativos fotográficos, gravuras, desenhos. É corrente dizer que uma imagem vale mais que mil palavras e vale mesmo. Essa exposição tem algumas imagens que dão uma aula sobre o Recife dos séculos 19, 18...”, afirma Betânia Corrêa. 
Do século 20, por exemplo, foram destacados os três principais projetos de urbanização, o Porto, as avenidas Guararapes e a Dantas Barreto. “Fomos ver esse espaço hoje. Como está a modificação desse porto de lazer, como estão essas avenidas. A gente não pretende dizer que o Recife era lindo e hoje é caótico, isso é um fato. A cidade fez um projeto, como o da Dantas Barreto, em que perdeu igreja, 900 casas, e hoje ela é isso. É simplesmente mostrar esse contraste, esse Recife que se transforma”, conta Betânia.
Além da observação do passado e sua influência no presente, a exposição também quer instigar o visitante a expor sua visão a respeito do futuro do Recife, como será a cidade que o recifense deseja ver daqui a 21 anos, quando o município completará 500 anos. 
DINAMISMO 
Diante das inúmeras possibilidades de abordagem do tema, a mostra Doc(e) Recife será ampliada ao longo dos próximos 12 meses, funcionando como uma espécie de work in progress, aberta a receber novas contribuições, não somente da curadoria do museu, mas também de convidados de diversas áreas e do resultado do trabalho de educação patrimonial a ser desenvolvido pelos educadores do MCR. 
Um dos acréscimos à exposição anual do Museu da Cidade do Recife acontece entre 14 de julho e 28 de agosto, quando será realizada a mostra fotográfica da artista visual Dominique Berthé, que fez uma pesquisa imagética baseada em registros de engenhos em Pernambuco. “Vai ser um excelente diálogo com o Doce Recife”, assinalou Betânia Corrêa.

Abertura da exposição anual Doc(e) Recife
Onde: Museu da Cidade do Recife (Forte das Cinco Pontas), Bairro de São José
Quando: Sábado (19/03)
Horário: De terça a domingo, das 9h às 17h
Informações: (81) 3355-3106/9540.



Crédito das imagens: Acervo Museu da Cidade do Recife/ Alexandre Berzin.  

0 Comentários | Compartilhe este post | Marcadores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Colocamos sempre imagens para ilustrar nossas postagens, algumas imagens (fotos) são nossas, outras são dos locais que usamos como inspiração para nossos textos, mas que são creditados e há imagens também postadas aqui no blog de fontes diversas da Internet. Portanto, se alguma das imagens publicadas for de sua autoria e deseja que seja retirada ou que seja mencionada a fonte da imagem, entre em contato através do email: casinhacys@gmail.com, para que seja resolvida a questão da retirada da imagem ou publicado o nome do autor da imagem.
BLOG CASINHA DA CYS | TECNOLOGIA BLOGGER | COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA