Forte do Brum em Recife

20 março 2014 | Postado por Casinha da Cys




Recife tem lugares muito interessantes para visitar e conhecer um pouco mais sobre nossa história e personagens que foram importantes para Pernambuco, consequentemente contribuíram para a história do Brasil. Fomos visitar o Forte do Bom Jesus, mais conhecido como Forte do Brum, no Bairro do Recife, que abriga o Museu Militar e a Capela de São João Batista.  O Forte foi construído no século XVI para segurança e proteção da povoação do Recife, e foi o cenário de muitos acontecimentos históricos, desempenhou uma função estratégica na defesa do território brasileiro contra as invasões holandesas. Pelo seu valor no processo de formação da nacionalidade o Forte do Brum foi tombado como monumento histórico dos mais importantes do Recife.  

O Forte foi transformado em Museu Militar a partir de 1987 e conta com um importante acervo, além de ser um lugar muito bonito. É um local que deve ser visitado tanto por turistas, como também pelos moradores da cidade. É um ótimo passeio para toda família aproveitar e ter acesso à história do Brasil.

História do Forte do Brum
Fonte: 7RM7DE

O Museu Militar do Forte do Brum (MMFB) encontra-se instalado no Forte do Brum - Construção inicial portuguesa, em 1629, por ordem do Governador Matias de Albuquerque, recebeu a denominação de FORTE DIOGO PAES, tendo como objetivo reforçar a entrada da barra do Porto do Recife contra invasões. Em 28 Fev 1630 foi ocupado pelos holandeses, que prosseguiram a construção (1630-1631), usando como material a taipa (areia e faxina) e denominaram-no de FORTE JOHAN BRUYNE. É monumento dos mais antigos do recife, ultrapassando seus 380 anos de existência. O MMFB foi construído em tempo de guerra. Primeiramente, Diogo Pais iniciou a sua construção em local estratégico na estrada do Porto do Recife, onde os navios, após contornarem os arrecifes, necessariamente aproavam em direção ao forte, o que lhes conferia uma extraordinária condição defensiva.

A sua posição foi escolhida por Matias de Albuquerque, testada durante as incursões corsárias, sendo depois ocupado pelos invasores, que concluíram a sua construção, com muita dificuldade, devido os ataques das Companhias de Emboscadas. O forte ficou conhecido pelos luso-brasileiros como FORTE DO BRUM, em homenagem ao Presidente do Conselho de Guerra Holandês de Ocupação, Johan Bruyne. Em 1654, com a Rendição na Campina da Taborda, o Forte troca novamente de bandeira.
O governador BERNARDO DE MIRANDA HENRIQUES, em 1667, solicita ao Rei permissão para restaurar o Forte do Brum, considerando a importância de sua posição para a defesa da Capitania. A maior dificuldade encontrada para a sua restauração foi a falta de matéria-prima e os arrecifes tornaram-se a sua principal fonte. A reconstrução foi concluída em 1690 e as obras complementares estenderam-se até 1715. Na reconstrução foi erguida uma capela, em homenagem a São João Batista, o que conferiu à fortificação o nome de Forte de São João Batista do Brum.
No início do Séc XX, instalou-se ali a 3ª Bateria Independente, subordinada à extinta 5ª Região Militar, hoje 7ª Região Militar. Em 1916, o Forte do Brum recebeu a 2ª Bateria e veio a integrar o 4º Grupo de Artilharia. Durante a 2ª Guerra Mundial serviu para acantonar diversas unidades de Artilharia em formação. Já na década de 50, o Forte foi tombado pelo Patrimônio como Monumento Histórico. Em 1959 foi ocupado pela 21ª Circunscrição do Serviço Militar até o ano de 1981. Em 1985 passou por nova restauração sob a orientação técnica do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), e, na jurisdição do Ministério do Exército, e com o patrocínio de instituições públicas e privadas, foi aberto à visitação pública.
Em 1987 foi inaugurado ali o MUSEU MILITAR DO FORTE DO BRUM (MMFB), em homenagem ao SOLDADO NORDESTINO, contendo exposições com obras que retratam a participação do soldado nordestino na história militar.
  
Museu Militar do Forte do Brum 
Endereço: Praça Comunidade Luso-Brasileira s/n.
Cais do Apolo  –  Recife-PE.
Contato: (81) 3224-4620 e 3224-7559.

Horário para visitação
De terça a sexta das 09:30 às 16:30h
Sábados, domingos e feriados das 14h às 17h.
Ingresso: R$ 2,00

Confira como foi nossa visita ao Forte...










 












0 Comentários | Compartilhe este post | Marcadores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Colocamos sempre imagens para ilustrar nossas postagens, algumas imagens (fotos) são nossas, outras são dos locais que usamos como inspiração para nossos textos, mas que são creditados e há imagens também postadas aqui no blog de fontes diversas da Internet. Portanto, se alguma das imagens publicadas for de sua autoria e deseja que seja retirada ou que seja mencionada a fonte da imagem, entre em contato através do email: casinhacys@gmail.com, para que seja resolvida a questão da retirada da imagem ou publicado o nome do autor da imagem.
BLOG CASINHA DA CYS | TECNOLOGIA BLOGGER | COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA