MyPharma traz economia para consumidor e mais competitividade para farmácias

02 junho 2017 | Postado por Casinha da Cys

Depois de dois anos de estudos, startup pernambucana disponibiliza uma nova plataforma de comunicação e venda entre farmácia e público, com pesquisa rápida de preços, opção por genéricos e a possibilidade de “decifrar” a receita
Daqui a pouco é possível dizer que há uma farmácia em cada esquina no Recife. Tem chamado atenção a multiplicação desses estabelecimentos na cidade, principalmente com a chegada das grandes redes todas de uma vez. O número chega a mais de mil lojas, de acordo com a MDTR, ferramenta medidora de venda das farmácias. Cada uma com liberdade de escolha de preços. Se de um lado as maiores vão abrindo mais unidades, as redes locais se deparam com muitos concorrentes de uma só vez, e precisam se reinventar para continuar no mercado. Já para o consumidor, fica mais difícil fazer pesquisa de preço por produto.
Há dois anos, um grupo de profissionais com expertise na indústria farmacêutica e em tecnologia vem trabalhando em pesquisa e desenvolvimento de um aplicativo que chega para facilitar a vida dos dois lados – consumidor e farmácias. 
A startup MyPharma realiza pesquisa online de preços de medicamentos, cuja variação pode chegar a 1.500% entre as unidades da mesma cidade, segundo pesquisa do Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade. 
“Com poucos cliques, o consumidor faz várias cotações ao mesmo tempo e escolhe o menor preço. Ele realiza a compra via app e recebe o pedido em casa”, explica o diretor de marketing da MyPharma, Alfredo Bittar, com vasta experiência no mercado farmacêutico. “É como se fosse um Ifood para medicamentos”, compara. Bittar ressalta que, além da economia, a vantagem para o cliente é a agilidade na pesquisa, conforto e segurança de receber o medicamento no domicílio.

Diferenciais no mercado 
 O MyPharma poderia ter sido lançado antes, mas os diretores preferiram investir mais tempo e tecnologia para que o app chegasse ao mercado com diferenciais e mais serviços. Com servidor internacional, o MyPharma garante agilidade e evita “travamentos” durante a pesquisa; na busca o app dá opção de escolha por remédios genéricos ou equivalentes; o MyPharma faz uso do geolocalizador, que mapeia o local onde está o cliente e faz a busca pelas farmácias mais próximas; além de remédios, a pesquisa pode incluir marcas de higiene pessoal, cosméticos e perfumaria; e um serviço bastante útil: caso a receita esteja inelegível, é possível mandar uma foto dela para identificar medicamento prescrito.
Na escolha pelo produto, uma mensagem será enviada para diversas farmácias das redondezas para cotação. O prazo máximo para retorno é de cinco minutos. O pagamento pode ser feito direto com o entregador ou no cartão de crédito, pelo aplicativo.

Mais vendas para farmácias 
Um negócio tem que ser bom para todos os lados e, para as farmácias, abre um novo canal de vendas. A expectativa é que o app aumente o faturamento das lojas em até 30%. Segundo Manoel Souza, diretor comercial, um dos diferenciais do MyPharma é não cobrar taxa dos estabelecimentos, pois isso geraria um aumento no preço final ao consumidor. “Nós buscamos ser o canal de substituição do telefone para os pontos de venda, pois o atendente pode fazer um número significativo de transações simultâneas, enquanto no telefone ele atende uma por vez. Fora isso em algumas situações as ligações não são atendidas. Para as farmácias, queremos ajudar a tornar mais competitivas as de pequeno e médio porte”, ressalta.
Os diretores estão otimistas quanto ao uso do MyPharma, já que no Brasil há mais celulares que habitantes – de acordo com a Anatel – e a nova geração procura resolver tudo por meios online, usando cada vez menos o telefone. É uma mudança de hábito. Até as pessoas com mais idade, depois que conhecem as facilidades desse mundo virtual, não querem mais largar, afirma Bittar. “Pedir comida fora de casa é uma escolha, a compra de um medicamento, não. Ainda mais quando se fala em uma pessoa, às vezes debilitada, precisar sair à noite para adquirir um remédio”.
Antes do lançamento, o MyPharma foi apresentado e testado pela classe médica que, segundo os diretores, aceitaram bem a ideia e recomendariam. “Eles alegaram que ajuda no tratamento do paciente, já que pode oferecer preços melhores e a facilidade em comprá-los”, conta Bittar.

Recife conectada 
A escolha do Recife para ser a primeira cidade a receber o aplicativo tem dois motivos: o grande número de farmácias e o potencial para tecnologia. Hoje, a cidade é o terceiro mercado para o iFood no país. ”Isso mostra que as pessoas estão antenadas para uso de apps. Recife será a base e matriz da startup. Aqui investiremos em novos produtos e contratação de pessoas”, destaca Manoel Souza.
A MyPharma pretende ser a maior plataforma de interação consumidor-farmácia do Brasil e tem planos de começar a expansão para outros estados ainda este ano. O aplicativo, disponível nos sistemas Android e  IOS, tem como meta alcançar 30 mil downloads na capital pernambucana e, em breve, poderá ser usado também pelo site.
As farmácias interessadas em fazer parceria com a MyPharma precisam se cadastrar no site www.mypharmabr.com, pelo e-mail  atendimento@mypharmabr.com.br ou através do Facebook appmypharma.

 Diferenciais MyPharma
 - Pagamento - pode ser feito em dinheiro com o entregador ou pelo cartão de crédito pelo próprio aplicativo
- Geolocalização – permite que a pesquisa seja feita em farmácias mais próximas do consumidor
- Tamanho – possui apenas 36 megas para Android, o que representa 50% do tamanho do Ifood
- Genéricos – o app dá a opção de comprar medicamento genérico ou equivalente
- Outros produtos – pesquisa inclui dermocosméticos e material de higiene pessoal
- Agilidade – prazo de resposta da pesquisa em até 5 minutos.  




0 Comentários | Compartilhe este post | Marcadores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Colocamos sempre imagens para ilustrar nossas postagens, algumas imagens (fotos) são nossas, outras são dos locais que usamos como inspiração para nossos textos, mas que são creditados e há imagens também postadas aqui no blog de fontes diversas da Internet. Portanto, se alguma das imagens publicadas for de sua autoria e deseja que seja retirada ou que seja mencionada a fonte da imagem, entre em contato através do email: casinhacys@gmail.com, para que seja resolvida a questão da retirada da imagem ou publicado o nome do autor da imagem.
BLOG CASINHA DA CYS | TECNOLOGIA BLOGGER | COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA