Festival de Circo do Brasil celebra o palco portátil

01 novembro 2016 | Postado por Casinha da Cys

A essência do circo é ser uma expressão portátil, capaz de ser levada a qualquer lugar, independente das condições que serão encontradas.  Uma trupe, uma lona, um artista no picadeiro. No rosto da plateia sorrisos, surpresas e encantamento. Esta é a concepção da 12ª edição do Festival de Circo do Brasil, que vai celebrar a arte portátil, capaz de chegar a todos os cantos e públicos. Consolidado como um dos mais importantes eventos circenses anuais da América do Sul, o Festival vai apresentar no Recife 10 dias de espetáculos com companhias da França, Finlândia, Itália e Brasil, todas com a presença de artistas brasileiros. 
Realizado pela Luni Produções, o Festival de Circo do Brasil tem o patrocínio da Petrobras desde a sua primeira edição, em 2004. Nesta edição o evento conta com o apoio da Prefeitura do Recife, Institut Français, Consulado da França para o Nordeste e Califórnia Filmes.  
A edição 2016 do Festival irá ocupar os teatros Santa Isabel, Apolo, Hermilo e Luiz Mendonça (no parque Dona Lindu), além dos cinemas da Fundação Joaquim Nabuco (Casa Forte)  e São Luis. No entanto, haverá atrações em dez pontos da região metropolitana, incluindo Parque da Jaqueira, Boa Viagem, Poço da Panela, Sítio Histórico de Olinda e Praça do Arsenal.

Programação
 Ao todo serão  17 apresentações em teatros, 10 no Santa Isabel, 3 no teatro Luiz Mendonça e 4 no teatro Apolo, com ingressos a R$ 20 e R$ 10. 
A abertura será no Santa Isabel, um dos mais importantes teatros do Brasil, construído em 1850, que teve como principal engenheiro o francês Louis Leger Vauthier. E é justamente uma companhia francesa, a Sôlta Compagnie, que inaugura a programação com a montagem “Apesar”, que estreou ano passado na bienal de circo de Marseille e chega pela primeira vez ao Brasil. “Apesar” tem no elenco o músico, bailarino, trapezista e videomaker Tom Prôneur, ao lado da bailarina e trapezista brasileira Alluana Ribeiro.  A abertura acontece no dia 4, a partir das 20h. 
A montagem continua no Santa Isabel nos dias 5 e 6 de outubro. Nessas datas, o teatro também recebe  o espetáculo o espetáculo “Circo do Só EU”, do palhaço Esio Magalhães, a partir das 16h. Durante a semana, o grupo pernambucano Duas Companhias, das atrizes Lívia Falcão e Fabiana Pirro apresentam Caetana, que brinca com a ideia da morte. O grupo paulista Artinerant’s  apresenta a montagem Vizinhos e o grupo finlandês Luis e Pedro Sartri mostra encena DOIS. No teatro Apolo teremos as apresentações infantis da Cia Suno e no teatro Luis Mendonça o Espetacular Circo Zanni. No dia 9, artistas de vários grupos sobem ao palco do Santa Isabel para encenar o Circo Varieté, um espetáculo que envolve palhaçaria, mágica e malabarismo e terá renda inteiramente revertida para a Fundação Altino Ventura.

Fomento
Desde 2004 que uma das grandes preocupações dos organizadores do Festival de Circo do Brasil é promover intercâmbios e incentivar a arte circense no país, realizando oficinas, workshops e palestras.   A estratégia do fomento, ao longo destes 12 anos, vem trazendo bons resultados para os artistas circenses nacionais. Nas edições de 2014 e 2015 realizamos o intercâmbio internacional  CIRCUS NEXT na programação do festival. Para este ano, estamos realizando o CIRCUS INCUBATOR, com o apoio da La Granierie (França) e União Europeia.  Jovens artistas de 4 países participam deste intercâmbio, em festivais na Finlândia, Canadá, Recife, França e Estocolmo. De Pernambuco foram selecionados três artistas: Euler Kalebe, que esteve na Finlândia e Canadá, e João Lucas e Vitor Lima, que vão à Suécia em fevereiro. O Festival também vai promover a apresentação de “Sobrevoltas”, que está em pleno processo de criação e montagem, para análise, reflexão  e discursão criativa do grupo.

Cinema
O Festival de Circo do Brasil irá exibir três filmes durante a programação do evento, são os documentários HotXuá (dirigido por Letícia Sabetella), Circo é...Circo (direção Daniela Cucchiarelli) e o longa francês Chocolate (direção de Roschdy Zem), que narra a história verídica de um escravo negro que se torna um artista circense bastante popular na Paris do século 19. Os documentários serão exibidos no Cinema da Fundação Joaquim Nabuco de Casa Forte, enquanto Chocolate irá para a tela do São Luiz. Outra atração do festival são as oficinas de arte de rua e malabares que vão acontecer no Teatro Apolo, com entrada gratuita, dependendo de inscrição prévia para reserva de lugares. 

 Programação do Festival 
Dia 04/11 (sexta)
Santa Isabel:
Abertura: Giullari del Diavolo (ITA)
20h- Apesar; Cie Sôlta (FRA)

Dia 05/11 (sábado)
Parque da Jaqueira – Palco Portátil:
10h- Cia Suno (SP)
Santa Isabel:
16h- Circo do só EU, Ésio Magalhães (SP)
Santa Isabel:
20h- Apesar; Cie Sôlta (FRA)
Abertura: Giullari del Diavolo (ITA)

Dia 06/11 (domingo)
Santa Isabel:
16h- Circo do Só EU, Ésio Magalhães (SP)
2º Jardim – Boa Viagem
16h30- Caravana Tapioca (PE)
Santa Isabel:
Abertura: Giullari del Diavolo (ITA)
20h- Apesar; Cie Sôlta (FRA)

Dia 07/11 (segunda)
Teatro Hermilo Borba Filho
9h às 17h- Oficina Circus Incubator
Hospital Agamenon Magalhães
10h- Giullari (ITA)
Camaragibe
18h - Cia Suno (SP)

Dia 08/11 (terça)
Teatro Hermilo Borba Filho
9h às 17h- Oficina Circus Incubator
Teatro Apolo
14h- Encontro gestores e parceiros circenses
COMPAZ
16h30 – Caravana Tapioca (PE)
Cine Fundaj (Casa Forte)
18h- Circo é... Circo (documentário)
20h- HotXuá (documentário)
Teatro Santa Isabel
20h- Caetana (PE)

Dia 09/11 (quarta):
Teatro Hermilo Borba Filho
9h às 17h- Oficina Circus Incubator
Abreu e Lima
10h – Caravana Tapioca (PE)
Teatro Apolo
14h- Encontro Circus Incubator
Cinema São Luiz
17h- Chocolate (FRA, 2016)
19h30- Chocolate (FRA, 2016)
Santa Isabel
20h- Circo Varieté (Várias companhias)

Dia 10/11 (quinta):
Teatro Hermilo Borba Filho
9h às 17h- Oficina Circus Incubator
Teatro Apolo
09h30 e 15h30- Carpinteiros em Domicílio, Cia Suno (SP)
Campo do 11 – Santo Amaro
16h30- Nopok
Santa Isabel
20h- Vizinhos, Artinerant´s (SP)

Dia 11/11 (sexta):
Teatro Hermilo Borba Filho
9h às 17h- Oficina Circus Incubator
Teatro Apolo
09h30 e 15h30- Carpinteiros em Domicílio, Cia Suno (SP)
Poço da Panela
19h- Giulari
Santa Isabel
20h- Vizinhos, Artinerant´s (SP)

Dia 12/11 (sábado):
Teatro Hermilo Borba Filho
9h às 17h- Oficina Circus Incubator
19h- Mostra Circus Incubator
Teatro Apolo
16h- Carpinteiros em Domicílio, Cia Suno (SP)
Parque da Macaxeira
16h30- Nopok
Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu)
16h30- Circo Zanni (SP)
18h30- Circo Zanni (SP)
Teatro Hermilo Borba Filho
19h- Mostra Circus Incubator
Santa Isabel
20h- Dois, Luis e Pedro Sartori do Vale (BRA/FIN)

Dia 13/11 (domingo)
Teatro Apolo
16h- Carpinteiros em Domicílio, Cia Suno (SP)
Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu)
16h30- Circo Zanni (SP)
Praça do Arsenal – Recife Antigo
16h30- Nopok
Santa Isabel
19h- Dois, Luis e Pedro Sartori do Vale (BRA/FIN)

 Grupos  
CIE SÔLTA 
Nome do espetáculo: APESAR 
Duração: 50 min 
Faixa etária: Livre 
Local Apresentação: TEATRO SANTA ISABEL 
Valor ingresso: R$ 20,00 / 10,00  
APESAR é uma peça de circo que explora a relação entre dois personagens que decidiram viver juntos, APESAR de tudo. Em cena, Alluana Ribeiro e Tom Prôneur interpretam um velho casal que esqueceu como se comportar “normalmente” e o circo se tornou seu modus operandi Marcados por eventos passados e na iminência de um porvir, eles estão confinados em um universo fantástico, no qual o movimento pendular do mastro marca o ritmo do tempo, que não para nunca. Mastro pendular, acrobacias, malabares e equilíbrios sobre as mãos são as (in) disciplinas circenses presentes na peça. APESAR confronta o homem com seus limites, lá onde ele se perde, onde é levado ao encontro do seu íntimo e, face à ele, se depara com o outro. 

CIRCO ZANNI (SP) 
Nome do espetáculo: CIRCO ZANNI 
Duração: 60 min 
Faixa etária: Livre 
Local Apresentação: TEATRO LUIZ MENDONÇA  
Valor ingresso: R$ 20,00 / 10,00  
O Circo Zanni traz um espetáculo de variedades, que reúne o que há de melhor dos artistas que integram a companhia, formada por diferentes grupos circenses atuantes na cidade de São Paul. Tem a direção artística de Domingos Montagner e direção musical de Marcelo Lujan. Elegância, romantismo, humor, citações, paródias e auto-ironia são aspectos presentes no novo espetáculo, que possui números aéreos, de acrobacia, equilíbrio e magia, além, é claro, de palhaços. Destaque para os novos números como arame cômico musical, quick change e o número de lira, que assumiu nova abertura do espetáculo. A dinâmica do espetáculo aprofunda a ideia do Zanni tratar o circo como sua casa, em um novo cenário, de uma casa aberta a visão do público cujo palco é sua extensão, o seu quintal, esses circenses contemporâneos celebram a convivência com a arte em seu cotidiano, de forma simples. A banda formada por todo elenco é um dos grandes destaques do show, imprimindo o ritmo das cenas, executam ao vivo as músicas de todos os números, pontuam as gags e reforçam as piadas, permanecendo todo o tempo em cena. 

COLETIVO NOPOK (RJ) 
Nome do espetáculo: CARRILHÃO 
Duração: 55min 
Faixa etária: Livre 
Local Apresentação: CAMINHÃO PALCO 
Valor ingresso: gratuito  
Carrilhão fala dos mercadores de todos os tempos e lugares. Mascates de hoje, de ontem e de amanhã. Fala da paixão pela charla, do encantamento pelas palavras e pelas ações,e do feitiço inerente a um bom vendedor. Pontua o valor das trocas dos encontros que se estabelece nas negociações. O espetáculo é uma fusão das linguagens do circo e teatro. A dupla de artistas se desdobra entre diversos personagens e narrativas, trazendo alegorias de diferentes culturas e épocas. Alguns números circenses ganham destaque, como a Parada de Mão, o Rola-Rola e os Monociclos Altos. 
  
ARTINERANT’S (SP) 
Nome do espetáculo: VIZINHOS 
Duração: 50min 
Faixa etária: 10 Anos 
Local Apresentação: TEATRO SANTA ISABEL  
Valor ingresso: R$ 20,00 / 10,00  
Vizinhos é um espetáculo que mostra o cotidiano de um homem e uma mulher em que os objetos se transformam e assumem novos usos – flertam com surrealismo. Assim, um sofá engole o homem que lê e é também é um trampolim para que ele salte e se solte no ar. O varal de roupas passa a ser o arame no qual a mulher equilibra-se passo a passo: o dia a dia por um fio. Criado pelos artistas Daniel Pedro e Maíra Campos, integrantes do Circo Zanni- que completou 10 anos de estrada -  Vizinhos é o primeiro espetáculo do projeto da Cia. Artinerant´s, que tem como objetivo divulgar a arte e cultura através da itinerância. Dirigido por Lu Lopes, Vizinhos mistura cenas de acrobacia e equilíbrio com toques humorísticos e poéticos.O espetáculo, descritivo e metafórico, apresenta um jogo com cenas acrobáticas e de equilíbrio em um cenário comum, onde um casal vive situações insólitas, escapando da mesmice e repetição. Neste universo paralelo, nada é o que parece ser.
  
CIA SUNO (SP) 
Nome do espetáculo: CARPINTEIROS EM DOMICÍLIO 
Duração: 50min 
Faixa etária: Livre 
Local Apresentação: TEATRO APOLO 
Valor ingresso: R$ 20,00 / 10,00 
Local Apresentação: CAMINHÃO PALCO 
Valor ingresso: Gratuito  
Carpinteiros em Domicílio  é um espetáculo de estética híbrida e lúdica, que mistura teatro e circo e traz beleza e leveza traduzidas na interpretação, números de riscos, mágica, malabarismos e acrobacias. Dois palhaços chegam com um monociclo carregando madeiras para iniciarem uma obra. Ao identificarem o espaço, começam uma divertida e inusitada reforma, repleta de cenas engraçadas, números de rola-rola e acrobacias diversas, sempre interagindo com o público. Em “Carpinteiros em Domicílio”, a Cia Suno se propõe a demonstrar habilidades técnicas de circo utilizando uma roupagem diferente: realizam malabares com trenas, contorção em escada, percussão em marmitas e mágica com elementos do dia a dia.  

CARAVANA TAPIOCA (PE) 
Nome do espetáculo: CIRCO CARAVANA 
Duração: 50min 
Faixa etária: Livre 
Local Apresentação: CAMINHÃO PALCO E RUA 
Valor ingresso: Gratuito. 
O espetáculo é apresentado pelo excêntrico casal de artistas viajantes, Cavaco e Nina, que traz as melhores atrações que encontraram em suas apresentações pelo mundo. O grande faquir encantador de serpentes, a mulher mais forte do mundo e a foca equilibrista são alguns dos números que prometem surpreender e encantar o público de todas as idades. Música ao vivo, malabarismo e comicidade embalam essa fantástica viagem ao mundo mágico do circo! 


ESIO MAGALHÃES (SP) 
  CIRCO DO SÓ EU
Nome do espetáculo: CIRCO DO SÓ EU 
Duração: 60 min 
Faixa etária: Livre 
Local Apresentação: TEATRO DE SANTA ISABEL 
Valor ingresso: R$ 20,00 / 10,00  
O majestoso Circo do Sol foi contratado para fazer uma apresentação na cidade. No entanto, pouco antes do show, recebe outra proposta financeiramente melhor e decide ir embora. É então que o atrapalhado palhaço Zabobrim decide manter o espetáculo fazendo todos os números: mágica, hipnose, acrobacias e tudo o mais. O resultado é uma encenação engraçada, cheia de ironia e capaz de divertir crianças e adultos. 
  
LUIS E PEDRO SARTORI DO VALE (BRA/FINLÂNDIA) 
Nome do espetáculo: DOIS 
Duração: 52 minutos 
Faixa etária: Livre 
Local Apresentação: TEATRO DE SANTA ISABEL 
Valor ingresso: R$ 20,00 / 10,00  
Além de família, memórias e experiências em comum, Luis e Pedro também compartilham os mesmos interesses, hobbies e profissões. Dois artistas, dois irmãos, juntos no mesmo palco pela primeira vez.  Pesquisando temas como cumplicidade, fraternidade, intimidade e rivalidade, exploram a profunda simbologia de um interesse em comum: o arco e flecha. Inspirados por contos clássicos, performance e experiências pessoais, Luis e Pedro combinam circo, teatro visual e arco e flecha, criando interpretações sutis, bem humoradas e poéticas da relação entre irmãos.  Trabalhando com noções de risco e precisão, criam cenas de tirar o fôlego da plateia, numa encenação inovadora e impactante.  

  
GIULLARI DEL DIAVOLO (BRA / ITA) 
Nome do espetáculo:  
Local Apresentação: CAMINHÃO PALCO OU RUA 
Valor ingresso: gratuito  
Fundado em 1997, o grupo já circulou o mundo, levando seus espetáculos de humor, malabares e magia. A trupe escolheu como missão circense realizar apresentações onde o riso é um desafio, encenando suas montagens em presídios, hospitais e regiões atingidas por guerras. Para o Festival de Circo do Brasil, trazem números de palhaçaria, acrobacias e malabarismos.


Filme CHOCOLATE (Francês)  - GRATUITO
Nome filme: CHOCOLATE  
Duração: 120 minutos 
Faixa etária: 14 anos 
Versão: Legendado 
Gênero: Drama 
Local Exibição: CINE SÃO LUIZ 
Longa metragem francês, dirigido por Roschdy Zem, narra a história verídica do palhaço Chocolat, um escravo negro que se torna um artista circense bastante popular na Paris do século 19. O filme foi bastante aplaudido pela crítica internacional, participou de importantes festivais de cinema no mundo inteiro. Omar Sy interpreta o personagem título. 

Doc. CIRCO É... CIRCO - GRATUITO
Nome filme: Circo é... Circo  
Duração:  60m
Faixa etária:  Livre
Versão: Português 
Gênero: Documentário
Local Exibição: CINEMA FUNDAJ CASA FORTE 
O filme traz depoimentos de artistas brasileiros, estrangeiros e pesquisadores de artes circenses que debatem a relação do circo com outras artes, como a dança, a música, o cinema e o teatro. As escolas circenses são um dos temas abordados pelo documentário. Sua criação gerou discussões, sobretudo entre os artistas tradicionais, cuja formação se deu em família, pelo aprendizado de pai para filho.


Doc. HOTXUÁ - GRATUITO
Nome filme: HOTXUÁ 
Duração: 70 minutos 
Ano: 2009 
Faixa etária: Livre
Versão: Português
Idioma: Português e Merrim 
Gênero: Documentário 
Local Exibição: CINEMA FUNDAJ CASA FORTE 
Documentário dirigido por Letícia Sabatella e Gringo Cardia mostra o cotidiano da tribo indígena Krahô, um povo alegre, que tem um sacerdote específico para fazer rir. É ele que fortalece e une a tribo, com bom humor e felicidade. Um filme surpreendente, que traz depoimentos dos Krahô, reforçando o equilíbrio e o respeito à diversidade.


Imagens: Divulgação.


0 Comentários | Compartilhe este post | Marcadores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Colocamos sempre imagens para ilustrar nossas postagens, algumas imagens (fotos) são nossas, outras são dos locais que usamos como inspiração para nossos textos, mas que são creditados e há imagens também postadas aqui no blog de fontes diversas da Internet. Portanto, se alguma das imagens publicadas for de sua autoria e deseja que seja retirada ou que seja mencionada a fonte da imagem, entre em contato através do email: casinhacys@gmail.com, para que seja resolvida a questão da retirada da imagem ou publicado o nome do autor da imagem.
BLOG CASINHA DA CYS | TECNOLOGIA BLOGGER | COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA