Crianças e adolescentes também desenvolvem TOC

25 dezembro 2016 | Postado por Casinha da Cys

transtorno obsessivo compulsivo (TOC) em criança e adolescentes

O transtorno obsessivo compulsivo (TOC) é vem sendo muito comentado nos últimos tempos, mas o que muitos não sabem que o problema também pode afetar crianças e adolescentes. Ter um padrão de comportamento e pensamentos repetitivos sem sentido são muito difíceis de evitar para quem apresenta o TOC. Quando as ações desenvolvidas por uma pessoa com o transtorno passa a se tornar grave pode, perfeitamente, comprometer a vida e as atividades desempenhadas em casa, na escola, trabalho ou ate nos relacionamentos. Imagina só no caso das crianças e adolescentes.    
Encontramos um texto no site NeuroSaber que aborda o tema e que vai ajudar a esclarecer as dúvidas sobre o assunto. Confira!  

O transtorno obsessivo compulsivo pode ser muito comum entre os pequenos. Contudo, o TOC infantil pode ser amenizado com tratamentos adequados. Mas antes vale a pena rever algumas características que ajudarão pais e profissionais a identificarem os sinais e os traços manifestados pela criança.

Esclarecendo
Muita gente se confunde na hora de conceituar a obsessão e a compulsão, mas colocaremos a seguir o significado de cada uma. Veja abaixo:
– Obsessão: pensamentos ou ideias que aparecem de repente na mente de uma pessoa. Com isso, ela passa a imaginar que tal pensamento é real e que isso vai levar a um problema se ela não fizer alguma coisa para solucioná-lo. Em muitos casos, o indivíduo passa a pensar que tudo de errado que acontece é culpa dele. Vale lembrar, no entanto, que não se trata de alucinação, mas pensamentos que surgem e que acabam tornando a pessoa refém da própria mente.
Compulsão: a compulsão é o ato motor, é uma ação. Exemplo: trancar a porta várias vezes para ter a certeza que fechou a casa.

Criança com TOC e o aprendizado na escola
É importante lembrar que a criança que apresenta TOC não tem o aprendizado pedagógico prejudicado. Porém, é provável que o rendimento escolar do aluno fique comprometido diante do pensamento obsessivo, que insiste em tomar conta de sua mente; ou, então, do perfeccionismo que a criança pode ter ao escrever uma palavra.
O pequeno fica preso nesses detalhes sem aproveitar o conteúdo dado em sala de aula. Outro ponto é que o aluno pensa que se utilizar alguma palavra, isso pode levá-lo a uma situação de tragédia, por exemplo.  Essa característica é bem comum entre crianças que tenham TOC (pensar que algo de ruim vai acontecer se não fizer determinada coisa ou se afastar de seus pais).
Comorbidades associadas ao TOC
O transtorno obsessivo compulsivo pode apresentar algumas comorbidades, tais como: esquizofrenia, TDAH,  bipolaridade, Síndrome de Touret Transtorno de Espectro de Autismo, tiques (estímulos motores imprevisíveis, sem planejamento).

Como caracterizar um TOC
Antes desta informação, vale dizer que somente o acompanhamento de um profissional é capaz de identificar a existência do transtorno. Uma pista que sua criança possa estar com o TOC é quando esses pensamentos obsessivos e atitudes compulsivas ocorrem, pelo menos, uma hora por dia.

Problemas gerados pelo TOC
Uma criança com TOC pode manifestar problemas na vida acadêmica, emocional, social, profissional (quando adulto) e afetiva. A pessoa deixa de fazer coisas importantes para ficar imersa nessas situações. Além disso, tais atitudes (TOC) geram angústia e medo.

Hereditariedade
Geralmente, a criança com TOC pode ter tal transtorno proveniente de algum parente que manifeste tais condições.

Autismo e TOC
O autismo associado ao TOC pode ocorrer em 6% a 10% das crianças com autismo.
Por que a criança omite a existência do TOC?
Na verdade, o pequeno não saberá passar a mensagem que tem TOC. Isto cabe aos pais e educadores na percepção de alguns traços incomuns para uma criança. Esses sinais podem ser dores de cabeça, dor de barriga, tristeza repentina e angústia. Aliás, o pequeno, ao sentir esses incômodos, pode ficar com medo de manifestar tal situação e ser reprimido pelos pais.

Tratamento
O tratamento do TOC é feito através de medicamento, psicoterapia comportamental e suporte  escolar com profissionais capacitados.



Fonte: O texto foi publicado no site NeuroSaber para conferir é só acessar AQU.
Imagem: Reprodução/Internet.

0 Comentários | Compartilhe este post | Marcadores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Colocamos sempre imagens para ilustrar nossas postagens, algumas imagens (fotos) são nossas, outras são dos locais que usamos como inspiração para nossos textos, mas que são creditados e há imagens também postadas aqui no blog de fontes diversas da Internet. Portanto, se alguma das imagens publicadas for de sua autoria e deseja que seja retirada ou que seja mencionada a fonte da imagem, entre em contato através do email: casinhacys@gmail.com, para que seja resolvida a questão da retirada da imagem ou publicado o nome do autor da imagem.
BLOG CASINHA DA CYS | TECNOLOGIA BLOGGER | COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA