Espetáculo Luiz e Eu? Ô Viagem Danada de Boa!

03 junho 2016 | Postado por Casinha da Cys

O espetáculo Luiz e Eu? Ô viagem danada de boa! É um convite para uma viagem. Uma viagem poética e meio maluca, sabe porquê? Porque no espetáculo, o tempo segue os movimentos da lua e das marés e brinca de andar para frente e pra trás. Para não se perder no emaranhado desse vai e vem, uma estrela é a guia que norteia os caminhos dos viajantes, a estrela de Luiz Gonzaga. De mãos dadas com o público, as atrizes mergulham em suas memórias e, enquanto o tempo passa, a lua gira, e elas descobrem o valor dos encontros e da amizade na vida de cada um. O espetáculo é uma aventura a ser desvendada, uma vivência poética que mergulha nas memórias do matulão do tempo de cada um e convida a todos a responder a pergunta… o que é que tem haver, Luiz e Eu?

LUIZ E EU? ENCENAÇÃO NA PRIMEIRA PESSOA
Por Luiz Manuel

Fui convidado para dirigir o primeiro espetáculo narrativo da Cia Maravilhas. A proposta: uma viagem na memória afetiva das atrizes, sobre o prisma da obra Gonzaguiana. Na tentativa de fugir do clichê de retratar vida e obra de Luiz Gonzaga, resolvi instigar as meninas a pesquisar e registrar a fundo o que a obra Gonzaguiana significa para elas. Remetemos ao apelido do Luiz, Lua, e reinventamos as relações entre Lua e Eu, entre Luiz e Eu. 
Cantando o movimento da lua nas marés, os movimentos de nascer e morrer, construímos esta vivência para crianças de todas as idades chamada: Luiz e Eu? – Ô viagem danada de boa! O intuito é de provocar sensações, evocar a memória, construindo, junto com o público, uma espécie de rizoma que relaciona direta e indiretamente: o sagrado feminino, o movimento lunar, os ciclos da vida, a tradição oral, a memória afetiva e a identidade social, utilizando como inspiração e estrela guia, Luiz Gonzaga, sua obra e principalmente, o que ele significa para Adélia Oliveira e Márcia Cruz. Trata-se de priorizar a vivência, o encontro, em especial aquele que só o teatro proporciona.
Deste caldeirão brota um espetáculo de dramaturgia coletiva e pessoal, beirando o confessional , onde o que mais importa é estar no presente. É contar a história enquanto atua nela e sobre ela, vivendo uma aventura que precisa ser desvendada a cada momento, perguntando: o que é que tem haver, Luiz e Eu?

FICHA TÉCNICA
Direção: Luiz Manuel
Elenco – Adélia Oliveira e Márcia Cruz
Direção musical: Marcelo Ferreira
Músicos: Marcelo Ferreira ou Luiz Manuel
Dramaturgia – Adélia Oliveira, Luiz Manuel e Márcia Cruz
Direção de arte – Coletivo Eu Passarinho e Márcia Cruz
Figurinos – Agrinez Melo
Costureiras -Vilma Uchôa e Deo Oliveira
Designer de luz -João Guilherme
Operação de Luz – Evandro de Mesquita
Contrarregra – Evandro de Mesquita e Pedro Lima
Registros (foto e vídeo) – Ricardo Maciel
Assessoria de Comunicação: Ronaldo Patrício
Designer – Cristiane Brady
Produção Executiva – Márcia Cruz 
Realização: Companhia Maravilhas
Teatro Joaquim Cardozo
Endereço: Rua Benfica, 157, Madalena
Horário: Domingos, 16h
Temporada:  8 de maio até 19 de junho
Ingresso: Inteira R$20 – Meia R$10
 

0 Comentários | Compartilhe este post | Marcadores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Colocamos sempre imagens para ilustrar nossas postagens, algumas imagens (fotos) são nossas, outras são dos locais que usamos como inspiração para nossos textos, mas que são creditados e há imagens também postadas aqui no blog de fontes diversas da Internet. Portanto, se alguma das imagens publicadas for de sua autoria e deseja que seja retirada ou que seja mencionada a fonte da imagem, entre em contato através do email: casinhacys@gmail.com, para que seja resolvida a questão da retirada da imagem ou publicado o nome do autor da imagem.
BLOG CASINHA DA CYS | TECNOLOGIA BLOGGER | COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA