Asma: A doença do inverno

10 maio 2016 | Postado por Casinha da Cys

Ama A doença do inverno
Basta o tempo esfriar um pouco que começam as preocupações dos pais com relação aos filhos que têm asma. Nesse período, a frequência às clínicas pediátricas aumenta em torno de 30%, mas há muito o que se fazer para evitar que as pessoas entrem em crise. Segundo o pneumologista Guilherme Costa, graças ao melhor conhecimento da doença, associado aos medicamentos hoje disponíveis, é possível controlar em torno de 95% dos nossos pacientes, sendo fundamental o acompanhamento regular com especialista, principalmente nos meses que antecedem o inverno. 
Estima-se que, aproximadamente, 10% da população tenha asma brônquica. Desse total, 35% tem menos do que 18 anos e metade de todos os casos de asma iniciam sintomas antes dos cinco anos de idade, enquanto que 25% dos casos começam em pessoas acima dos 40 anos. 
Quanto à incidência entre os sexos, Dr. Guilherme afirma que durante a infância, a doença afeta mais os meninos do que as meninas, situação que se inverte com o passar da idade.  
Para quem não está familiarizado com a asma, ela é basicamente o estreitamento dos “tubos” (brônquios e bronquíolos) responsáveis por levar o ar que respiramos aos pulmões. Com o estreitamento, a passagem de ar fica mais difícil e a respiração fica comprometida. Os episódios de constrição dos brônquios podem se reverter de maneira espontânea ou, então, com a ajuda de remédios, os broncodilatadores, que, como o próprio nome já diz, dilatam os brônquios.
Além dos broncodilatadores, os pneumologistas também indicam medicamentos para controle da inflamação, cujos mais utilizados são os corticóides, aplicados diretamente nas vias aéreas através de inaladores (bombinhas). Sobre o assunto, existe o mito de que as bombinhas matam ou viciam. Dr. Guilherme garante que elas são seguras e eficazes e as mortes podem acontecer pela gravidade da doença e não pelo remédio. “As bombinhas vão direto para a árvore brônquica e têm menos efeitos colaterais e precisam ser usadas diariamente para melhor controle da doença”.
Natação é importante como exercício, mas não apenas esse esporte é bom: “toda atividade física, desde que o paciente não esteja em crise, faz bem”, diz o médico. O pneumologista acrescenta que há casos de pessoas que têm alergia ao cloro, sendo contra-indicados os esportes na piscina.
Dr. Guilherme alerta ainda para a importância do diagnóstico precoce, principalmente no caso das crianças: quando começarem as sucessões de tosse seca, falta de ar e chiado no peito, é preciso tratar para que a doença não evolua. Se a criança já possui medicação para as horas de crise, os pais devem receber do seu médico um plano de ação para uso das medicações em situações de crises e de bem-estar.
Como deve ser um quarto de um asmático:
- O quarto deve ser arejado e ensolarado, com o mínimo de móveis e objetos possível. Coisas desnecessárias dentro do quarto apenas juntam pó;
- Retirar do lugar cortinas, tapetes, bichos de pelúcia e travesseiros com flocos;
- Na limpeza, não usar vassoura que levante o pó. A limpeza deve ser feita com pano úmido;
- Colchões e travesseiros devem ser revestidos com capas anti-ácaros;
- Evitar animais com pelos e penas em casa. Mesmo que fiquem do lado de fora, é comum a presença de epitélios desses bichos dentro de casa;
- Evitar o uso de desinfetantes, inseticidas ou outros cheiros fortes;
- Não permitir que se fume nos cômodos da casa.


HospitalJayme da Fonte
Endereço: Rua das Pernambucanas, 167, Graças. 

Fone: (81) 3416.0000.

0 Comentários | Compartilhe este post | Marcadores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Colocamos sempre imagens para ilustrar nossas postagens, algumas imagens (fotos) são nossas, outras são dos locais que usamos como inspiração para nossos textos, mas que são creditados e há imagens também postadas aqui no blog de fontes diversas da Internet. Portanto, se alguma das imagens publicadas for de sua autoria e deseja que seja retirada ou que seja mencionada a fonte da imagem, entre em contato através do email: casinhacys@gmail.com, para que seja resolvida a questão da retirada da imagem ou publicado o nome do autor da imagem.
BLOG CASINHA DA CYS | TECNOLOGIA BLOGGER | COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA