Tabagismo é um mal em cadeia

29 agosto 2015 | Postado por Casinha da Cys

No Dia Nacional de Combate ao Fumo (29), o pneumologista Guilherme Costa alerta sobre os riscos para os que são fumantes passivos.  O tabagismo passivo (não fumantes que convivem com fumantes em ambientes fechados) é a terceira maior causa de morte evitável no mundo, subsequente ao tabagismo ativo e ao consumo excessivo de álcool, de acordo com a Organização Mundial de Saúde – OMS. Aproveitando que dia 29 de agosto é Dia Nacional de Combate ao Fumo, conversamos com o pneumologista Guilherme Costa, do Hospital Jayme da Fonte, para explicar porque devemos ter atenção à inalação passiva da fumaça do cigarro.  Os fumantes passivos possuem maior probabilidade de adquirir doenças relacionadas ao tabaco do que os não fumantes, pela exposição às toxinas liberadas na fumaça do cigarro. Por existirem mais não fumantes do que fumantes, a legislação brasileira tomou medidas que desagradam o público tabagista: a proibição do fumo em ambientes fechados causou bastante desconforto para os fumantes. 

O pneumologista diz: “Mesmo em locais abertos, a qualidade do ar já se torna alterada, prejudicando pessoas portadoras de alterações respiratórias com possíveis consequências danosas para o organismo. Locais públicos sem fumo faz os fumantes refletirem sobre seu vício e procurar ajuda e parar de fumar”. 
Outra parcela da população fumante passiva que merece atenção são os bebês e crianças, que são expostos aos males do cigarro por meio de seus familiares fumantes. “Crianças filhos de grávidas fumantes apresentam taxas maiores de prematuridade, baixo peso ao nascer, retardo no desenvolvimento psíquico, mortalidade infantil. Crianças filhos de pais fumantes apresentam maiores complicações respiratórias, idas ao serviço de emergência médica, infecções respiratórias de repetição, alergias respiratórias, rinites, sinusites, otites, etc.”, alerta Guilherme. 
Em geral, os fumantes passivos possuem até cerca de três vezes mais chance de desenvolver doenças relacionadas ao tabaco de alta morbimortalidade, como as doenças cardiovasculares, aumentando o risco em cerca de 20 a 50%. “Isto precisa ser bem esclarecido ao fumante para que ele entenda que não apenas para si, o cigarro também causa sérios malefícios a terceiro, incluindo familiares, amigos ou a qualquer pessoa que esteja próxima”, explica o pneumologista: “este tipo de informação tem feito os fumantes refletirem e procurar ajuda para parar de fumar”. Guilherme conclui: “Fumante, é possível viver sem cigarro”.

Hospital Jayme da Fonte
Endereço: Rua das Pernambucanas, 167, Graças.
Fone: (81) 3416.0000

0 Comentários | Compartilhe este post | Marcadores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Colocamos sempre imagens para ilustrar nossas postagens, algumas imagens (fotos) são nossas, outras são dos locais que usamos como inspiração para nossos textos, mas que são creditados e há imagens também postadas aqui no blog de fontes diversas da Internet. Portanto, se alguma das imagens publicadas for de sua autoria e deseja que seja retirada ou que seja mencionada a fonte da imagem, entre em contato através do email: casinhacys@gmail.com, para que seja resolvida a questão da retirada da imagem ou publicado o nome do autor da imagem.
BLOG CASINHA DA CYS | TECNOLOGIA BLOGGER | COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA